The Blogging of Rye 623

Campanha De 2018 Teve Perfis Falsos Em Mídias sociais Em Apoio A Dilma



7 Motivos Pra Criar Um Site


Por mais de uma década, os gurus tributários pela PricewaterhouseCoopers ajudaram a Caterpillar Inc., a fabricante norte-americana de materiais pesados, a transferir dos EUA pra uma subsidiária pela Suíça os seus lucros com a divisão de peças de reposição. Nada mudava, não obstante a contabilidade. As peças continuavam a ser fabricadas e enviadas para um depósito em Morton, no Estado de Illinois, e depois despachadas pra revendedores independentes.


No entanto os lucros eram contabilizados na subsidiária suíça, que pagava impostos de menos de 6% ao ano, muito inferiores aos 29% que a Caterpillar teria de pagar nos EUA. Em 2008, integrantes da PwC ficaram preocupados. A estratégia poderia estar intimidada pela decisão da Caterpillar de trazer alguns gerentes da Suíça para os Estados unidos.


A transformação poderia chamar a atenção sobre das operações da corporação no paraíso fiscal europeu. Thomas F. Quinn, um sócio da PwC que havia ajudado a fazer o planejamento tributário da Caterpillar, escreveu a um amigo da consultoria. Se eles quisessem conservar a estratégia viva, teriam de "gerar uma história" que "colocasse alguma distância" entre os gerentes suíços e a divisão de peças de reposição da Caterpillar.


Em uma audiência no Congresso dos EUA no primeiro semestre de 2014, o senador Carl Levin classificou esses diálogos registrados em e-mails como a arte de criar "irrealidade" -a estratégia de transferir lucros dos EUA para a Suíça. Em Luxemburgo, documentos internos da PwC revelados pelo ICIJ mostram que a consultoria ajudou a montar estratégias tributárias criativas pra empresas gigantes como Pepsi, IKEA e outras mais de 300 empresas. Nos Estados unidos, as autoridades acusam a KPMG de ter oferecido abrigo tributário em paraísos fiscais que produziu bilhões de dólares em prejuízos falsos para seus consumidores ricos.


Em Dubai, grupos anticorrupção argumentam que a Ernst & Young ajudou o maior processador de ouro do Oriente Médio a adotar práticas obscuras que podem ter violado os padrões internacionais de comércio de ouro. Em Nova York, as autoridades acusam a Deloitte de ter ajudado um banco britânico a violar as sanções dos Estados unidos contra o Irã.


A escola financeira teria submetido um relatório que omitia infos sobre isso como poderia estar desrespeitando http://blogsobremelhorsaude22.affiliatblogger.com/14715376/o-que-o-lixo-e-o-div-rcio-falam-sobre-a-economia a respeito de lavagem de dinheiro. As "4 grandes" negam que suas práticas sejam de pequeno nível. A Ernst & Young disse ao ICIJ que "opera estritamente dentro da lei e tem controles exaustivos" que garantem à consultoria escoltar as regras e leis.



A KPMG e a PwC afirmaram que têm códigos de conduta severos pra todos que trabalham ante suas marcas no mundo todo. A Deloitte não respondeu às questões feitas na reportagem. As "4 grandes" têm operações mundiais. 100 bilhões -mais do que o PIB do Equador. As http://edukasite30.unblog.fr/2018/07/03/seis-dicas-para-como-criar-um-blog-do-zero/ da contabilidade têm as suas raízes em alianças criadas no término do século dezenove e início do século vinte por firmas norte-americanas e do Reino Unido.



A manutenção de uma abordagem anglo-americana e sua presença global é reflexo da dominância dos principais mercados financeiros do planeta, Wall Street e Londres. Competições legais na última década levantam questões a respeito de se os governos enxergam as maiores corporações de consultoria e auditoria como se fossem os grandes bancos, que a toda a hora são citados como "muito grandes pra irem à falência". Essa política tácita em relação às consultorias, dizem militantes de campanhas anticorrupção, tem desencorajado reformas reais nas "quatro grandes".


Muito obrigado pelo link. Afirmo que no meio de tanta baldroca de redireccionamentos (mea culpa), neste momento não sabia onde encontrar estas mudanças. http://novidadesparadigitalmarketing6.blog5.net/14865364/obter-curtidas-e-seguidores-no-facebook , Stegop. Discordo da exclusão do artigo acima, marcado pra ESR por meio de teu sock. A princípio não me conviera criá-lo, mas foi imprescindível por causa de para se obter o destaque da listagem de prefeitos seria essencial que não se tenha links vermelhos no anexo, mediante as regras. http://blogsobrediversaoonline22.blog5.net/14865233/como-receber-dinheiro-online-em-2018-pela-web-com-vendas :POLÍTICOS cita que todo prefeito conseguirá ter artigo respectivo desde que estejam presentes o período do governo e algo sobre isto tua administração. Informo que procedi à adição de fonte relativa a uma das distinções recebidas por Victor Rui Dores.